Reflexão: 6 coisas que aprendi esse ano

Sei que parece um título de fim de ano e retrospectiva, está meio cedo pra isso, eu sei, mas, esse ano de 2017 tem se revelado uns dos melhores que já vivi até hoje. Quando o ano de 2016 acabou tomei uma decisão de mudar. Clichê? É sim senhor! Mas foi verdade. Eu quis mudar minha forma de pensar, de agir e me direcionei a aprender coisas novas pra melhorar como pessoa. Apenas disse pra mim mesma que iria ser diferente e foi. Sem mais delongas, aqui estão algumas percepções:

  • Miséria atrai miséria: Doe seu tempo, sua paciência, dinheiro, sorrisos. Quando se é mesquinho a única coisa que se recebe em troca é mesquinharia. Lembrando que não é apenas pensando no retorno, que muitas vezes não virá e não se decepcione com isso, muitas coisas o universo mesmo se encarrega de retribuir.
  • Domine um padrão para superá-lo: Esse regra é pra vida! Para qualquer coisa que você se disponha a fazer e tem o desejo de ser muito bom: domine o padrão para depois fazer melhor e inovar. Por exemplo, você quer muito ser fotógrafo, observe como os outros fotógrafos fazem, estude sobre isso, domine o padrão, para depois quebrá-lo. Ou se você não entende nada de computadores como pretende inventar um aplicativo revolucionário? Por exemplo.
  • O não você já tem, corra atrás do SIM: Básica, essa trata-se do velho ditado quem não chora não mama. Você se interessou por alguém e tem medo de levar um fora? O não você já tem, certo? Quer muito aquele cargo, mas tem medo de pedir pro chefe? O não você já tem. Corra atrás do Sim. O máximo que pode acontecer é você ficar na mesma.
  • Não se sinta culpado por querer o melhor pra você: Olhe bem não estamos falando em ser egoístas! É que várias vezes deixamos de fazer a nossa vontade pra fazer a dos outros e ainda nos sentimos culpados por querer, ter, fazer, ser o que nós queremos. Você quer ser jornalista, mas seus pais querem que curse direito? Queira jornalismo e não se sinta culpado por isso! Você quer comer hambúrguer e seu namorado quer pizza? Queira o hambúrguer e não se sinta culpado por isso. Você precisava fazer algumas coisas, mas seu colega quer que você o ajude com os problemas dele hoje? Queira resolver os seus problemas primeiro e não se sinta culpado por isso. Afinal quem vai arcar com as consequências será você .
  • Ative o botão do foda-se porque a vida é tão curta para se preocupar com tudo! Sem mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s