A chuva

É chuva, é chuvisco.

Uma gota no vidro.

Que escorre assim sem pressa.

Que corre assim perdida.

E faz devanear.

Como lágrima, uma gota.

Que leva pra longe, longe…

Um afresco. É o vento. É o cheiro.

Outra gota que cai.

A lembrança que volta.

Levada pelo ar.

Sigo as gotas de chuva.

Elas tocam-me o rosto.

Como se do céu viessem, acariciar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s